quarta-feira, 9 de junho de 2010

Vídeo Projeto entreRiscos - Etapa Sócio-Organizacional


Apresentação de técnicas e atividades desenvolvidas com o grupo de trabalhadores da empresa Camargo Corrêa em Juruti, no Pará, durante a realização da terceira etapa do Projeto entreRiscos em 2007.


Música da banda Mika - "My interpretation".

Projeto entreRiscos (experimentação arteterapêutica)

Click here to see oficial invitation of Federal University of Minas Gerais

Here you can see our video.

O Projeto entre Riscos foi elaborado e desenvolvido como um projeto de pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais. O objetivo era relacionar diversos grupos sociais a partir de seus trabalhos artísticos que eram produzidos a partir da temática: "Meu olhar sobre este ambiente de convívio".
Na primeira etapa, em setembro de 2006, o projeto foi desenvolvido com operários da empresa Camargo Corrêa que trabalhavam num trecho da obra Linha Verde em Belo Horizonte. Em paralelo, trabalho semelhante era realizado com 4 candidatos a deputados estaduais ou federais de 4 partidos políticos diferentes.





A segunda etapa, em março de 2007, foi realizada com estudantes do sexto ano do primeiro grau do Colégio Magnum Agostiniano e da Escola Estadual Caio Nelson de Sena, ambos também em Belo Horizonte.



Satisfeitos com os resultados obtidos com seus operários na primeira etapa, a empresa camargo Corrêa levou nosso projeto ao Pará para que pudéssemos, atravéz da arte, interagir a comunidade nativa de Juruti com os trabalhadores da obra da Mina de Bauxita que estava sendo construída naquela cidadezinha que se surpreendia com tamanhas inovações.
Sendo assim, a terceira etapa aconteceu em julho de 2007 com um grupo de trabalhadores da empresa e dois grupos (um de jovens e adultos, outro de crianças e adolescentes) de uma das comunidades nativas.


O projeto foi concluído com uma exposição no Centro Cultural da UFMG onde apresentamos todos os trabalhos realizados, contrapondo olhares e experiências.
Constatamos que a arte é capaz de interagir consciências, propor novas significações além de propiciar transformações em prol de um mundo mais humano e harmonioso.